Connect with us

Música

Sandy e Junior anunciam show comemorativo de 30 anos

Published

on

Conheça todos os detalhes da Turnê “Nossa História”.

 

Desde que a dupla Sandy e Junior anunciaram a separação, em 2007, anos após anos, os fãs clamavam por uma volta, um especial, um reencontro. O que parecia sonho tornou-se real. Eles voltarão mesmo!!! Sandy e Junior está de volta para uma turnê comemorativa de 30 anos de História.

Na tarde de ontem (13), a dupla reuniu a imprensa, em São Paulo, para revelar maiores detalhes sobre a Turnê. O show irá se chamar “Nossa História” e a proposta é revisitar esses 30 anos de carreira, com um show nada intimista, como bem frisou a Sandy.

Em meio a jornalistas-fãs (porque sim, nós crescemos com Sandy e Junior) a primeira pergunta que surgiu foi sobre o setlist. Quais músicas estariam no repertório do espetáculo?

De cara eles confirmaram “A Lenda” e “Turu Turu”, deixando claro que o foco estará nos clássicos. Ou seja, nada de músicas produzidas em carreira solo muito menos músicas novas! Uma curiosidade contada pela Sandy foi o fato de que a escolha das faixas resultou em uma “setlist dos sonhos”, montada com a ajuda dos fãs (mesmo que eles não soubessem):

“A gente stalkeou nas redes sociais e viu o que eles queriam ver, ouvir e cantar. É isso que nós vamos dar. O show vai ficar meio comprido (risos) A gente resolveu mergulhar no Sandy e Junior mais “popzão”. Vai ter ballet no palco, não digo que a gente vai dançar… eu tenho sonhos adolescentes, mas as costas doem”.

Junior ressaltou que suas carreiras individuais seguem, o revival é uma homenagem a essa História tão bonita construída com os fãs. Uma celebração. Não é um retorno da dupla. Tanto que eles, por enquanto, não pretendem registrar em DVD, o registro será feito para o acervo pessoal da dupla. Participações especiais não foram destacadas.

Os pais Noely e Xororó, que dividiram as funções de direção artística, produção e agenda ao longo de boa parte da carreira da dupla, tem participado ativamente do projeto também. Justamente por isso, Junior destacou a importância de se levar ao pé da letra a palavra “revisitação”.

“Todo mundo que participou daquela época, que trabalhou com a gente, está aqui. Nós queremos ter uma visão de dentro e de fora do processo. É legal saber se uma música funciona no show… Esse processo criativo é a parte mais divertida. Executar é que é meio treta. Mas se é pra resgatar a história, resgatamos pra valer”.

O espetáculo “Nossa História” acontece em dez capitais brasileiras a partir do mês de julho (e existe SIM a possibilidade de novas datas e novas cidades). Confira a agenda:

12 de julho: Recife – PE
13 de julho: Salvador – BA
19 de julho: Fortaleza – CE
20 de julho: Brasília – DF
03 de agosto: Rio de Janeiro – RJ
17 de agosto: Belo Horizonte – MG
24 de agosto: São Paulo – SP
31 de agosto: Curitiba – PR
13 de setembro: Manaus – AM
14 de setembro: Belém – PA

O site Sandy e Junior voltará ao ar e você poderá compartilhar sua história com a dupla. Sandy e Junior irão acompanhar a hashtag #NossaHistoriaSJ nas redes sociais. Haverá chance de encontro com a dupla.

E o valor dos ingressos?

Animados com o Revival? É hora de preparar o bolso. A pré-venda dos ingressos acontece nos dias 20 e 21 de março para clientes Cartão Elo. Já a venda para o público geral terá início no dia 22.

Cada uma das dez cidades que receberá a turnê tem um valor diferente. Mas no geral, os valores dos shows da “Nossa História” variam de R$ 70 a R$ 3200. Este último, é referente ao valor de um camarote válido para 10 pessoas no Classic Hall, em Recife.

Os setores dos shows são divididos com nomes de hits da dupla:  “Eu acho que pirei”, “Vamô pulá” e “Inesquecível”.

Além dos ingressos, está disponível em todas as cidades o Pacote Gold*, que inclui:

Água liberada para consumo
Credencial/Sticker diferenciada
Entrada antecipada no dia do show
Acesso a passagem de som dos artistas
*Não está incluso o ingresso do show no pacote

Confira os valores, datas e locais das 10 apresentações da turnê “Nossa História”, de Sandy e Junior:

Recife (Classic Hall) – 12 de julho, às 20h30

Frontstage (Eu acho que pirei) – 1º lote: R$ 170 (meia entrada) e R$ 340 (inteira)
Frontstage (Eu acho que pirei) – 2º lote: R$ 180 (meia entrada) e R$ 360 (inteira)
Frontstage (Eu acho que pirei) – 3º lote: R$ 190 (meia entrada) e R$ 380 (inteira)
Pista (Vamô Pulá) – 1º lote: R$ 80 (meia entrada) e R$ 160 (inteira)
Pista (Vamô Pulá) – 2º lote: R$ 90 (meia entrada) e R$ 180 (inteira)
Pista (Vamô Pulá) – 3º lote: R$ 100 (meia entrada) e R$ 200 (inteira)
Camarote (Inesquecível) – Para 10 pessoas – R$ 3200 (inteira)

Salvador (Arena Fonte Nova) – 13 de julho, às 20h30

Cadeira central (Turu Turu): R$ 140 (meia entrada) e R$ 280 (inteira)
Frontstage (Eu acho que pirei) – 1º lote: R$ 150 (meia entrada) e R$ 300 (inteira)
Frontstage (Eu acho que pirei) – 2º lote: R$ 160 (meia entrada) e R$ 320 (inteira)
Frontstage (Eu acho que pirei) – 3º lote: R$ 170 (meia entrada) e R$ 340 (inteira)
Cadeira lateral (As quatro estações) – 1º lote: R$ 100 (meia entrada) e R$ 200 (inteira)
Cadeira lateral (As quatro estações) – 2º lote: R$ 110 (meia entrada) e R$ 220 (inteira)
Cadeira lateral (As quatro estações) – 3º lote: R$ 120 (meia entrada) e R$ 240 (inteira)
Cadeira superior (A lenda) – 1º lote: R$ 70 (meia entrada) e R$ 140 (inteira)
Cadeira superior (A lenda) – 2º lote: R$ 80 (meia entrada) e R$ 160 (inteira)
Cadeira superior (A lenda) – 3º lote: R$ 90 (meia entrada) e R$ 180 (inteira)

Fortaleza (Centro de eventos do Ceará) – 19 de julho, às 20h30

Frontstage (Eu acho que pirei) – 1º lote: R$ 140 (meia entrada) e R$ 280 (inteira)
Frontstage (Eu acho que pirei) – 2º lote: R$ 150 (meia entrada) e R$ 300 (inteira)
Frontstage (Eu acho que pirei) – 3º lote: R$ 160 (meia entrada) e R$ 320 (inteira)
Pista (Vamô Pulá) – 1º lote: R$ 90 (meia entrada) e R$ 180 (inteira)
Pista (Vamô Pulá) – 2º lote: R$ 100 (meia entrada) e R$ 200 (inteira)
Pista (Vamô Pulá) – 3º lote: R$ 110 (meia entrada) e R$ 220 (inteira)

Brasília (Ginásio Nilson Nelson) – 20 de julho, às 20h30

Pista Premium (Eu acho que pirei): R$ 260 (meia entrada) e R$ 520 (inteira)
Pista (Vamô Pulá): R$ 140 (meia entrada) e R$ 280 (inteira)
Cadeira inferior (Turu Turu): R$ 130 (meia entrada) e R$ 260 (inteira)
Arquibancada (As quatro estações): R$ 110 (meia entrada) e R$ 220 (inteira)

Rio de Janeiro (Jeunesse Arena) – 3 de agosto, 20h30

Pista Premium (Eu acho que pirei): R$ 260 (meia entrada) e R$ 520 (inteira)
Pista (Vamô Pulá): R$ 145 (meia entrada) e R$ 290 (inteira)
Cadeira N1 (Turu Turu): R$ 160 (meia entrada) e R$ 320 (inteira)
Cadeira N3 (As quatro estações): R$ 70 (meia entrada) e R$ 140 (inteira)
Camarote (Inesquecível): R$ 210 (meia entrada) e R$ 420 (inteira)

Belo Horizonte (Ginásio do Mineirinho) – 17 de agosto, às 20h30

Pista Premium (Eu acho que pirei): R$ 240 (meia entrada) e R$ 480 (inteira)
Pista (Vamô Pulá): R$ 140 (meia entrada) e R$ 280 (inteira)
Cadeira inferior (Turu Turu): R$ 150 (meia entrada) e R$ 300 (inteira)
Cadeira Superior (As quatro estações): R$ 70 (meia entrada) e R$ 140 (inteira)

São Paulo (Allianz Parque) – 24 de agosto, às 20h

Pista Premium (Eu acho que pirei): R$ 230 (meia entrada) e R$ 460 (inteira)
Pista (Vamô Pulá): R$ 110 (meia entrada) e R$ 220 (inteira)
Cadeira inferior (Turu Turu): R$ 140 (meia entrada) e R$ 280 (inteira)
Cadeira nível 2 (As quatro estações): R$ 95 (meia entrada) e R$ 190 (inteira)

Curitiba (Pedreira Paulo Leminski) – 31 de agosto, 20h

Pista Premium (Eu acho que pirei): R$ 160 (meia entrada) e R$ 320 (inteira)
Pista (Vamô Pulá): R$ 90 (meia entrada) e R$ 180 (inteira)
Camarote (Inesquecível): R$ 160 (meia entrada) e R$ 320 (inteira)

Manaus (Studio 5) – 13 de setembro, 20h30

Pista Premium (Eu acho que pirei) – 1º lote: R$ 140 (meia entrada) e R$ 280 (inteira)
Pista Premium (Eu acho que pirei) – 2º lote: R$ 150 (meia entrada) e R$ 300 (inteira)
Pista Premium (Eu acho que pirei) – 3º lote: R$ 170 (meia entrada) e R$ 340 (inteira)
Pista (Vamô Pulá) – 1º lote: R$ 70 (meia entrada) e R$ 140 (inteira)
Pista (Vamô Pulá) – 2º lote: R$ 90 (meia entrada) e R$ 180 (inteira)
Pista (Vamô Pulá) – 3º lote: R$ 100 (meia entrada) e R$ 200 (inteira)

Belém (Hangar) – 14 de setembro, 20h30

Pista Premium (Eu acho que pirei) – 1º lote: R$ 140 (meia entrada) e R$ 280 (inteira)
Pista Premium (Eu acho que pirei) – 2º lote: R$ 150 (meia entrada) e R$ 300 (inteira)
Pista Premium (Eu acho que pirei) – 3º lote: R$ 170 (meia entrada) e R$ 340 (inteira)
Pista (Vamô Pulá) – 1º lote: R$ 70 (meia entrada) e R$ 140 (inteira)
Pista (Vamô Pulá) – 2º lote: R$ 90 (meia entrada) e R$ 180 (inteira)
Pista (Vamô Pulá) – 3º lote: R$ 100 (meia entrada) e R$ 200 (inteira)

Quem vamos estar lá?

Música

“Bloqueia Eu” de João Bosco & Vinícius ganha nova versão

Published

on

Com o calor vibrante do público, a dupla resolveu registrar a faixa, ao vivo, e a novidade chega hoje, 20, nas plataformas digitais

Depois de terem gravado “Bloqueia Eu” em versão remix, junto com o DJ Lucas Beat, a dupla João Bosco & Vinícius celebra o sucesso do single e aposta em uma terceira versão, desta vez com a participação do público, ao vivo. A estreia é hoje, dia 20 de maio, nas plataformas digitais. Registrada originalmente no álbum “Ao Vivo em Goiânia”, no final de 2020, a canção ficou muito conhecida nos jogos olímpicos de Tóquio, nas partidas de vôlei, quando algum jogador da seleção brasileira usava o bloqueio, ela tocava. Depois disso, virou challenge, viralizou e caiu no gosto dos internautas.

Com a volta dos shows, os artistas sentiram o sucesso de perto, afinal, o público cantava a música do início ao fim e foi essa energia que eles quiseram registrar agora. “Bloqueia Eu” é composição de Luis Henrique Paloni, Thiago TeG, Graciano TeG, Marquinho, Dudu Serafim e Cantini.  João Bosco e Vinícius recentemente gravaram o DVD “Parceria” e eles se preparam para apresentar o primeiro EP deste projeto na semana do dia dos namorados, dia 10 de junho.

Ouça: https://onerpm.link/bloqueiaeu

Foto: Flaney Gonzalles

Continue Reading

Música

Gabi Fernandes grava novo DVD em São Paulo

Published

on

Cantora irá registrar seu segundo trabalho audiovisual, no dia 25 de maio, no Ruazinha Gastronomia

Na próxima quarta-feira (25), a cantora e compositora Gabi Fernandes grava seu segundo trabalho audiovisual,intitulado ”Aquela Vibe”, que chega para concretizar o que a artista vem criando há alguns anos, que é a linha do pagonejo, com um som leve e divertido. O registro será realizado no Ruazinha Gastronomia, na Zona Sul de São Paulo (SP), a partir das 20h. O local é muito intimista e aconchegante, além disso, carrega bastante a essência do que Gabi quer trazer neste projeto: música boa, diversão e energia positiva.

Na ocasião, a cantora trará um repertório composto por inéditas e regravações, estampando bem o estilo proposto. “Quero enaltecer o que mais prezo em todo show que faço: a VIBE! Por isso o nome desse DVD ‘Aquela Vibe’, quero trazer aquela vibe que contagia, que faz a galera cantar, dançar, mandar áudio pros amigos enquanto tá no show, quero registrar essa energia boa que a música traz naquele momento”, conta Gabi Fernandes. 

Além disso, o novo DVD contará com duas participações especiais, são eles Suel que é um dos maiores compositores do pagode do Brasil e vem crescendo com sua carreira solo e Hector Marks , um grande cantor de São Paulo, que está ganhando muito espaço e encanta todo mundo por onde passa. Hector e Gabi irão gravar a inédita “Vou Além”, uma música composta  por Facetime durante a pandemia. Já com Suel, a faixa escolhida foi “Golpe Baixo” que é uma composição da própria cantora. 

”Aquela Vibe” chega assinado pela WL Music, escritório responsável pela carreira da artista, trazendo produção musical de Wesley Leonel e direção de Lucas Loan. “Estou muito ansiosa para que tudo isso aconteça, sem dúvidas é um grande passo na minha carreira. Para uma menina que começou tudo no interior, poder gravar um DVD em São Paulo é um marco que divide muitas coisas na minha vida, um passo arriscado, mas muito planejado e trabalhado, então tenho certeza que vai dar tudo certo e vou finalizar maio da melhor forma”, destaca Gabi. 

Serviço –
Gravação do DVD Aquela Vibe

Local: Ruazinha Gastronomia
Endereço: Rua Gomes de Carvalho, 1507, São Paulo
Horário: 20h

Ingresso: https://www.ingresse.com/aquela-vibe-gabi-fernandes-gravacao-dvd

Sobre Gabi Fernandes:

Nascida em Ribeirão Preto (SP), sempre chamou atenção pelo talento nos esportes e na música. Aos 8 anos começou a tocar violão, aos 10 já escrevia suas composições e aos 14 decidiu pedir para gravar um CD com suas músicas, como presente de debutante. A partir dessa escolha deu início a carreira profissional e não parou mais. 

Em 2020, com a pandemia, Gabi  usou o tempo em casa para estar mais ativa nas redes sociais e falar sobre causas que acredita como empoderamento feminino em todos os cenários, com destaque para a música e o esporte. Nesse período gravou músicas para Neymar, “O Pai Tá On” que  tornou-se viral e alcançou mais de 1 milhão de views em poucas horas.  Compôs uma música para a CBF, para o futebol feminino e masculino para representar as seleções na olimpíadas de Tokyo. Além de canções para a atleta Rayssa Leal e para o ex-jogador Ronaldo. 

Continue Reading

Música

Inovação com cantor Luzz

Published

on

O Cantor e artista multimídia investe por conta própria em seu primeiro clipe o clipe “NADA ME FAZ” que valoriza a língua portuguesa

O clipe “NADA ME FAZ”, inspirado em sua retratação da sociedade, onde as pessoas estão aparentemente vivendo dentro de suas bolhas e esquecendo de notar umas às outras. Com cor, capricho e muito estilo, o carioca mostra que para ser hit não é necessário ter palavras apelativas e pejorativas.

ASSISTA AGORA AO CLIPE:

Um dos principais conceitos do cantor é trazer a língua portuguesa para o estilo de música POP. Segundo LUZZ, nosso idioma é complicado e para criar música, algumas vezes, escrever em inglês parece encaixar melhor sonoramente na estrutura musical, do que em português. “Eu quero com as minhas músicas encontrar saídas inteligentes para rimas e melodias, falando com os meus de uma forma que eu considere inteligente e que seja gostoso ouvir. No final, eu faço música para que todos entendam.”

A música “NADA ME FAZ” foi escrita como uma crítica ou resposta ao seu EP passado, o “lado A”, já que eram músicas mais orgânicas, romantizando e falando de sentimentos mais profundos, e esse novo trabalho vem com uma mensagem de autoconfiança, mudança de rumo e um tom de sátira. “Essa música foi escrita propositalmente no intuito de que todas as faixas do “lado B” fossem uma perspectiva 180º graus das músicas anteriores. Isso afeta diretamente a sonoridade e o visual. A intenção é ser uma visão bem diferente, mesmo.”.

Sobre Luzz

LUZZ faz parte do grupo de artistas independentes do Brasil, trabalha com design para financiar o seu grande sonho que é dar voz, corpo e notoriedade ao seu talento primário, o de transbordar emoções através da comunicação da sua música. “Trabalho de 8 a 10 horas por dia. É  um esforço danado, mas esse trabalho todo que me auxilia na idealização dos meus projetos musicais. Infelizmente, o dinheiro move tudo e para nós, artistas independentes, é um ponto chave para que a carreira aconteça. Desde views à seguidores, tudo é investimento. Eu gosto de fazer tudo com o máximo de qualidade que posso alcançar, então, haja dinheiro! (risada). Todo esse esforço vale demais! Não mudaria nada.” finaliza o cantor.

Para saber mais sobre LUZZ
YouTube: https://www.youtube.com/luzzmusica
Spotify: https://spoti.fi/3KN9Gbw
Instagram: http://www.instagram.com/oluzz
Facebook: http://www.facebook.com/oluzz

Continue Reading

Trending

Copyright © 2017 Geração Z. Theme by Mega Group. powered by Rafael Nascimento.

Close Bitnami banner
Bitnami