Connect with us

Música

BK canta seus sucessos no projeto Hip Hop Machine

Published

on

Numa série com 10 artistas, o projeto Hip Hop Machine une principais nomes do Rap nacional ao saxofonista Leo Gandelman. Baco Exu do Blues, Karol Conka, 1Kilo, Haikaiss, 3030, BK, Luccas Carlos, Gabz, Delacruz e BNegão são alguns dos nomes que formam o time de primeira grandeza do Rap brasileiro nesse projeto.

O segundo episódio, lançado na última sexta-feira (17), apresenta o rapper BK com quatro faixas autorais: “Deus do Furdunço” (BK / Vinicius Moreira / Felipe Hiltz), “Planos” (BK / Thiago Nandi), “Julius” (BK / Felipe Hiltz) e “Titãs” (BK / Felipe Hiltz).

Com um EP acompanhado de quatro vídeos lançados por semana nos aplicativos de música e também no Youtube, a série distribuída pela Milk em parceria com a Altafonte une o Jazz ao Rap em versões bastante inspiradas.

“Um estilo é feito pro outro e forma um encontro sensacional. A ideia dessa mistura já vem sido desenvolvida nos Estados Unidos e outros países há algum tempo. Na década de 90 teve seu auge, mas logo depois foi esquecida. Com o avanço do Hip hop, que é hoje um dos ritmos mais ouvidos em todo o mundo, a prática voltou.”

É o que nos conta Leo Gandelman que assina a direção artística do projeto, ao lado de Bruno Costa. Ele revela que a ideia para o projeto surgiu após assistir o documentário “Quincy” , sobre a vida do cantor e produtor de discos e cinema, Quincy Jones.

Em “Hip Hop Machine”, cada artista, faz novas interpretações de quatro canções autorais, captado por uma câmera em movimento, transportando o público para dentro do estúdio onde os encontros musicais acontecem.

Segundo Leo,

“O improviso é o maior legado da música americana. Jazzistas como Charlie Parker e John Coltrane trouxeram a atitude para o ritmo o que significava criar o que está dizendo ao mesmo tempo que está fazendo. O improviso transcendeu o jazz e chegou ao Rap. Fiquei tão feliz com o resultado que já estamos pensando numa segunda temporada”,

Finaliza o saxofonista.

Música

“Você Que Lute”: Giana Mello lança música composta por produtor de Anitta

Published

on

Giana Mello apresenta hoje (02), o seu novo videoclipe “Você Que Lute”. A cantora que é fenômeno nas redes sociais, mostra um outro lado da carreira onde já vinha se destacando desde seu último lançamento “Vou Jogar”, e agora traz mais uma novidade que promete enlouquecer os fãs.

“Você Que Lute” é o terceiro clipe da cantora. O local escolhido para a gravação do vídeo foi em uma floresta com um frio de 9° graus, localizada em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, cidade natal da cantora.

O single foi composto por Umberto Tavares, renomado produtor musical que já trabalhou com grandes nomes da música como Anitta, Ludmilla, Pabllo Vittar, entre outros. A canção traz uma mistura dos ritmos Pagode Baiano e Pop/Funk.

“Se preparem para se encantar com o clipe e a melodia. Jurooo!! Estava tão ansiosa, não sei nem explicar… É um misto de emoções! Mas estou muito feliz com o resultado, é meu terceiro lançamento, com composição do gigante Umberto Tavares, me sinto extremamente grata e honrada por estar com ele nessa música. Espero que todos amem assim como eu!”, comentou a cantora.

Desde criança sonhava em seguir a carreira artística, após se destacar em concursos musicais, nos quais chegou a ser campeã, Giana decidiu então se dedicar exclusivamente à música. A jovem que tem intimidade com a dança, inclusive já praticou diversos tipos, desde a de salão até stiletto, assinou a coreografia de “Você Que Lute”, deixando sua marca cheia de atitude e empoderamento feminino.

Continue Reading

Música

Drag queen Gaah lança “Pegando Fogo (O clima tá quente)”, com letra de protesto

Published

on

A cantora drag queen Gaah, disponibilizou o seu primeiro single! “Pegando Fogo (O clima tá quente)” dando início à sua carreira musical com uma composição que traz o orgulho LGBTQIA+ na letra, trazendo visibilidade exatamente no mês do Orgulho. A música já está disponível em todas as plataformas digitais e o videoclipe você pode conferir logo abaixo.

Gaah já faz sucesso na internet com quase 440 mil seguidores no Instagram e quase 300 mil inscritos em seu canal do YouTube e agora dá mais um passo em sua carreira com um megaprojeto, que promete literalmente “pegar fogo”.

Os versos empoderados e de protesto são cantados pela artista de forma bem descontraída, promovendo a importância do respeito e o fim do preconceito.

Perguntada como se sentia com este lançamento, Gaah respondeu:
“Tô muito feliz, porque estou usando a minha imagem como artista e a minha voz pra defender uma comunidade na qual eu faço parte! E isso não tem preço, sabe? Poder estar a frente, poder estar falando pelas pessoas que não têm, por exemplo, a mesma influência que eu, na internet… o meu lema com o meu trabalho é mostrar para as pessoas que elas podem ser quem elas quiserem, independente de julgamentos, nada muda a nossa essência e o que está dentro do nosso coração. Para mim, estar lançando essa música em tão pouco tempo antes do Dia Internacional do Orgulho LGBT é muito emocionante, porque eu nunca imaginei que essa música fosse ser lançada no mês do orgulho! Trabalhamos intensamente e muito delicadamente, e só fizemos uma reunião para decidir a data poucos dias atrás. Então, jamais imaginava, desde que comecei a gravar a música e o clipe, que o projeto iria sair na data perfeita!! Isso é gratificante.”

Com influências de Glória Groove e Lil Nas X, o ritmo animado com batidas dançantes, uma mistura de Funk e Pop, e um clipe de cores vibrantes, looks provocantes e cheio de efeitos especiais, promete encantar os fãs e levantá-los do sofá!

Continue Reading

Música

Pineapple Storm lança “Poesia Acústica 11: Nada Mudou”

Published

on

L7NNON, Xamã, MC Poze do Rodo, Lourena, Azyy, Chris MC, Cynthia Luz e Ryan SP. Essa é a formação do “Poesia Acústica 11: Nada Mudou”. O maior projeto de rap nacional, idealizado pela gravadora Pineapple Storm, chega a sua décima primeira edição depois de mais de 2 bilhões de visualizações no YouTube e 1 bilhão de reproduções nas plataformas digitais. Nesta terça-feira (22), os versos melódicos desses 8 artistas aterrissam na internet e consolidam ainda mais o gênero que briga pelo topo das paradas. Em menos de 24 horas, “Nada mudou já ultrapassou a barreira dos 4 milhões de views no youtube.

Com 3 mulheres em sua formação, o “Poesia 11” vai do funk paulista ao pop em suas sonoridades e referências. A cantora Lourena, por exemplo, cita versos de “Várias Queixas”, sucesso regravado pelo trio Gilsons, para falar de um amor não correspondido. Xamã brinca com a música “Freio da Blazer”, single de L7NNON, que ultrapassa 80 milhões de visualizações no YouTube, e se chama de “a cara dos filho da Deise”. MC Poze também deixa o seu flow de trapper e fala novamente sobre sua vida de corre, sem compromisso: “Não faço poesia, faço trabalho lindo”.

“É muito importante porque, além de contar com nomes consagrados do projeto, como o Xamã, o Chris MC e a Azzy, é a primeira vez que temos três mulheres. Isso será uma regra do ‘Poesia Acústica’ agora – nenhuma edição terá menos do que três cantoras. E conseguimos unir um grande nome do funk atual de São Paulo (Ryan SP) e um ídolo do funk carioca (MC Poze do Rodo). Estamos felizes com o resultado final”, conta Paulo Alvarez, fundador da Pineapple.

Com a temática do amor mais diversa, “Poesia Acústica 11: Nada Mudou” chega às plataformas digitais via ONErpm, e o clipe você pode conferir abaixo!

Continue Reading

Trending

Copyright © 2017 Geração Z. Theme by Mega Group. powered by Rafael Nascimento.

Close Bitnami banner
Bitnami