Connect with us

Games

BGS: Sea of Thieves – Primeiras Impressões

Published

on

Jogamos um dos principais exclusivos do Xbox para o próximo ano: Sea of Thieves. Com direito a trilha sonora, tocada por piratas, enquanto aguardávamos na fila para testar o jogo. Confira nossas primeiras impressões.


As primeiras impressões que temos ao jogar Sea of Thieves é de um jogo bem divertido com um cooperativo intenso. Aqui temos uma grande interação entre os jogadores da equipe e a comunicação é ponto crucial.

Estamos em um jogo onde  as tarefas são organizadas e cada jogador fica responsável por função. Um jogador fica responsável pelo mastro, outro pela navegação, o outro assume a vela e alguém deve ser o guia do navio, mas não pense que tem função mais ou menos importantes todas são igualmente essenciais.

Mastro

Mastro

Parece uma função meio que inútil, né? Afinal para que ficar no mastro? Mas aí que se engana. Essa não é um função inútil. É de grande importância, pois quem está no mapa e navegando, não consegue enxergar obstáculos menores no caminho, como rochas, por exemplo.

Se quem está no mastro não avisa ao navegador, certamente a equipe passará por grandes apuros, pois dessa forma o navio irá colidir com essas rochas causando uma perfuração no casco do navio, necessitando assim que o navio seja reparado. A partir daí alguns integrantes terão que descer para reparar e para isso será necessário madeira que é encontrada por ali mesmo (ao menos aqui na demo que jogamos foi dessa forma) se a equipe não estiver atenta isso será fatal, pois o barco afundará e você e sua equipe irão precisar de outra embarcação.

Sim, minha equipe afundou mesmo o navio e, na nossa experiência, conseguimos uma nova embarcação através de uma sereia que nos retornou ao inicio do jogo. A função simples de ficar no mastro, pode torna-se um tanto complexa, não é?

Vela

Velas na direção do vento

O jogador responsável pela vela é de extrema importância, pois o navio é movido através da força do vento. O jogador deve baixar as velas e direcioná-las de acordo com a direção do vento, pois caso contrário o navio não vai se mover, mas se por um acaso você fizer tudo certo e o navio não se mover, calma, pode ser porque você e sua equipe esqueceram de subir a âncora.

 Navegador e Mapa

Aqui temos duas funções, onde é impossível desassocia-las, pois quem está navegando não tem acesso algum ao mapa, aqui não existe um minimapa te guiando a todo momento. Quem está no mapa é responsável por guiar o navio e quem está navegando altera a direção de acordo com as direções ditas por quem está no mapa. Simples assim!

Objetivo

Como vocês podem perceber, é preciso uma cooperação muito intensa, cada jogador é de suma importância para cumprir o objetivo do jogo. Mas qual, afinal, é o objetivo?

Em Sea of Thieves todos os jogadores recebem uma dica sobre o objetivo e mais alguns mapas de ilhas onde o tesouro se encontra. Quem estiver no mapa, terá que comparar para saber qual é a ilha correta e, a partir daí, sua equipe começar a aventura.

Com certeza, vocês perderam muitas horas se divertindo com Sea of Thieves. Eu mesmo ficaria horas no stand do #XBox apenas navegando por mares desconhecidos. E para quem futuramente for usufruir dessa aventura, deixo uma dica: Se e o navio tiver seu casco perfurado, conserte-o rapidamente para que não haja necessidade de retorno ao inicio do jogo 😉

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Games

All Our’s é o grande vencedor da Copa Unopar de Battle Royale

Published

on

Com emoção até o final, a equipe All Our’s foi a grande vencedora da 1ª edição da Copa Unopar, que chegou ao fim no último domingo (16/05), após disputa entre 9 mil jogadores de Battle Royale desde a fase classificatória. As finais foram transmitidas pelo canal do Cerol, embaixador da competição e estrela dos eSports, que esteve ao lado do narrador Paldino, um dos mais conhecidos no meio gamer. A Copa Unopar foi organizada pela Unopar, universidade do Paraná que pertence à Kroton, empresa B2C de ensino superior da holding Cogna, uma das principais organizações educacionais do mundo.

Por um ponto de diferença para a segunda colocada, os vencedores ganharam bolsas de estudos e um total de R$ 16 mil pela primeira colocação.

“É muito gratificante saber que todo o nosso esforço e dedicação nos levou ao topo. Continuaremos trabalhando para, um dia, nos tornarmos jogadores profissionais”,

afirma Marcus Vinícius Tavares dos Santos, 16, capitão do time vencedor que mora em Conselheiro Lafaiete (MG). Completam o time, João Gabriel Souza dos Santos, 15; Hyago Ramos Oliveira, 16; e Victor Cardoso Muniz, 15.

O capitão da equipe vencedora diz que os membros do time, de 15 a 16 anos, moradores dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo, ainda são muito novos para ingressar no ensino superior, mas já pensam em quais cursos desejam estudar por meio da bolsa de estudo que ganharam da Unopar. Com o prêmio em dinheiro, a equipe deve investir em equipamentos, como fones, celulares e cadeiras gamers. 

Em segundo lugar, com 299 pontos, contra 300 da equipe campeã, ficou a equipe Baré e-Sports, composta por Richardy Ricky Melo Polla, 21; Nadson Silva Alves, 17; Pedro Guilherme Nascimento Rodrigues, 16; e Pedro Lucas Oliveira da Silva, 15 – eles receberam prêmio de R$ 8 mil e quatro bolsas de estudo. E, em terceiro, ficou a equipe Tropa do Madrugadão, do qual participaram Luiz André Matias da Silva, 18; Carlos Danilo Salazar Costa, 14; Fabricio Alves dos Reis, 14; e Vitor Geraldo Martins Pereira, 15. O prêmio foi de R$ 4 mil e mais quatro bolsas de estudo.

“Mais de 75 mil jovens se inscreveram nesta primeira edição e mais de 9 mil participaram da fase classificatória. A Copa Unopar foi um sucesso inegável e estamos felizes de termos entrado nesta sinergia com o público gamer, que juntou a paixão por jogos online com a possibilidade de ingressar no ensino superior. Estamos ansiosos em ter o time vencedor como calouros em breve”,

afirma Michelle Branco, gerente sênior de comunicação e marca da Kroton.

A competição ocorreu de forma 100% online e deu continuidade à campanha #PRAVOCÊVIRAROJOGO, estrelada pela apresentadora e jornalista Fernanda Gentil e assinada pela Ogilvy Brasil. A Copa Unopar aproxima a marca de um público e cenário que ganha cada vez mais força. Segundo a Comscore, o Brasil é o quarto maior mercado global de jogos on-line. Uma pesquisa realizada pela Game Brasil, indica que 70% da população digital brasileira joga jogos eletrônicos, o estudo aponta ainda, que 60,8% dos pesquisados preferem jogos mobile.

Continue Reading

Games

HOMELESS – Um game intenso e profundo sobre o significado “LAR”

Published

on

Homeless

Homeless é um game de suspense e terror psicológico que foge dos clichês de jumpscares. O que desejamos, é a imersão e o envolvimento com a conjuntura em que o protagonista está vivendo, e não forçar aqueles gritos altos para simplesmente te assustar. O jogo, cem por cento brasileiro, que está em desenvolvimento pela Blaster Lizard Co., é um prato cheio para os fãs das clássicas franquias como Silent Hill e Alone In The Dark.

O roteiro é baseado na história de Jackson Thomaz, diretor e roteirista do jogo. “Durante toda a minha vida, visitar minha avó materna era um momento de refúgio. Um momento de paz e tranquilidade, uma espécie de fuga da agitada vida na cidade grande”, diz Thomaz sobre Mococa, a cidade que inspira Santa Cecília.

Além do clima de suspense estar inserido de forma orgânica em todo o jogo, Homeless traz à tona temas atuais e relevantes – que se desenrolam conforme o protagonista recupera sua memória, tais como a importância do cuidado com a saúde mental, violência doméstica, relações abusivas e muito mais.

As referências estéticas – visuais e sonoras – nos anos 90, trazem o sentimento nostálgico. A trilha sonora foi composta exclusivamente, e traz como inspiração os sintetizadores dos anos 80 e o mesmo clima dos filmes de terror “trash” da época. A mistura destes elementos é dosada na medida certa, tornando-o misterioso, desafiador e despertando o interesse de qualquer geração.

Os jogadores exploraram a pacata e misteriosa cidade, tentando desvendar o próprio personagem principal. A trama se desenvolve após o retorno de ‘Nelson Santana’ à casa onde passou sua infância. Nelson tem problemas de memória e sofre de ansiedade e, por isso, volta a Santa Cecília, em busca de informações que possam revelar a verdadeira história sobre seu passado.

Os personagens tem peculiaridades únicas, e por isso, contamos com um elenco de dubladores experientes. Rafael Santin dá voz ao protagonista; Lu Chagas e Ricardo Schnetzer são Selma e Ernesto Santana, os pais que Nelson tanto procura. Contamos também com Pedro Pauleey, Victória Vergamine, Lara Cardoso e João Pedro Sikora.

O jogo está no Catarse com campanha de arrecadação de R$6.000,00 para o pontapé inicial da produção, que foi afetada pela pandemia do novo coronavírus. Para saber mais sobre Homeless acesse o link https://www.catarse.me/homeless, divulgue e contribua para esta produção, incentivando a cultura local e a produção criativa de games no Brasil.

Outros canais Homeless: https://linktr.ee/homelessjogo

Continue Reading

Games

Game Chaves Kart é lançado no Brasil para smartphones

Published

on

Em uma nova e divertida aventura, o piloto favorito da vizinhança está pronto para competir no game mobile Chaves Kart.

Basta selecionar seus personagens favoritos da série televisiva e competir nas incríveis pistas de corrida.

Ao entrar no carrinho de churros e começar a colecionar os cartões do Chaves, é possível desbloquear novos personagens, karts e pneus. Quanto mais corridas forem concluídas, aumentam as habilidades para se tornar mais rápido.

O game também permite personalizar seu avatar, com diferentes cortes e cores de cabelo, trocas de roupas e teste de acessórios para criar o piloto dos sonhos.

O jogo está disponível para Android e iOS gratuitamente.

https://www.youtube.com/watch?v=sS-EXj3sEG0&feature=emb_title 

Continue Reading

Trending

Copyright © 2017 Geração Z. Theme by Mega Group. powered by Rafael Nascimento.

Close Bitnami banner
Bitnami