Connect with us

Uncategorized

O “Ser Independente” – Como lidar com a maturidade emocional

Published

on

imagem_release_1415066Ser independente lhe dará a liberdade de fazer o que você quiser sem ligar para o que os outros pensam a respeito, a conquista da maturidade emocional lhe proporcionará essa sensação e também será útil na descoberta de soluções originais para seus problemas. Além do mais, estudos demonstram que quanto mais independente uma pessoa é, mais feliz ela se sente!  “Isso acontece pelo fato de sentirmos alívio e alegria quando tomamos as rédeas de nossas vidas. Só quem já experimentou essa sensação pode  descrever como é!” diz Aline Salvi, Master Coach.

A especialista compartilha a relação de sequência de hábitos que utiliza em seus processos de coaching e Mentoria para o desenvolvimento do “Ser Independente” que habita em cada um de nós. O “Ser Independente” ao qual me refiro hoje não é sobre independência financeira apenas, é muito mais amplo e abrangente , sobre independência emocional, é sobre “Se bastar”.

imagem_release_14150671- Pratique o autoconhecimento. Faça auto-análise diária. E Aceite-se. 

Você não pode construir um caráter forte e independente se não conseguir conviver consigo. Aceite seu corpo, sua personalidade, suas opiniões, suas escolhas, suas preferências e sua história de vida.  Não diga coisas contra você mesmo.

Todos podem ser fortes o bastante. Todos têm uma habilidade marcante, que prova suas forças. Deixe pra trás seus erros e traga consigo apenas as lições e aprendizados que eles te deixaram. Esforce-se para ser melhor todos os dias, siga em busca constante por sua melhor versão e mais importantemente: Ame-se. Essa é uma parte importante para ser independente, pois aceitar quem você é o impedirá de agir como outra pessoa.

2- Acredite em si mesmo. 

Se você não acreditar em si mesmo, quem acreditará? Todos somos diferentes e temos uma história e um propósito de vida únicos! Se você acreditar em si mesmo, ótimo, a sua crença alimentará a crença do próximo que convive com você, que acreditará também. Acreditando em si, você confiará em suas decisões – mesmo se elas forem completamente contra as expectativas de alguém – ou até da sociedade. Se você não tiver fé em si, sempre desconfiará de si mesmo e recorrerá aos outros para obter ajuda na hora de tomar decisões. Afaste-se disso. Não entregue à ninguém o mérito das suas decisões e ações.

3- Aceite o mundo. 

Pessoas independentes não são vis, nem acreditam que toda a raça humana é cruel. Pessoas independentes são aquelas que enxergam o mundo, com seus tons bons e ruins, e conscientemente escolhem fortalecer a si mesmas e aos outros. Você não é independente por não confiar em ninguém. Você não é independente por estimar mais a si que aos outros. É justamente o contrário. Aceitar o mundo e todas as suas complicações também lhe ajudará a ver que há inúmeros jeitos de viver – ninguém está forçando você a se conformar a um deles.

imagem_release_14150684- Seja emocionalmente independente.

É provável que você dependa de muitas pessoas para obter apoio emocional. Essas pessoas podem ser seus pais, um namorado(a), esposa, marido, filhos ou bons amigos. Ainda que seja possível continuar a depender dessas pessoas pelo resto de sua vida, é mais interessante compreender que nem todos esses sujeitos permanecerão ao seu lado eternamente. Alguns irão embora, outros irão parar de falar com você e todos eventualmente morrerão. A única pessoa que sempre estará ao seu lado é você mesmo.

Ao depender de si na hora de obter apoio, você nunca ficará decepcionado. É aceitável ficar emocionalmente ligado a algumas pessoas de sua vida, mas você não pode permitir que elas determinem seus sonhos e o seu nível de felicidade. Isso é com você.

5- Motive-se. 

Outras pessoas não têm e jamais terão o mesmo interesse no seu sucesso. A automotivação e o sucesso são questões de hábito. Você precisa se desligar do péssimo hábito da procrastinação e trocá-lo por um de bom planejamento. As pessoas de sucesso no mundo nem sempre são as mais brilhantes ou as mais belas. Porém, independentemente de quais outros talentos ou dons, elas ancoram a autoestima em uma série de vitórias em tarefas grandes e pequenas. Mas pra garantir a realização e afastar a frustração, você precisa se planejar.

Se quiser alcançar um objetivo em sua carreira, o mesmo deve ser feito para que você agrade a si mesmo, e não para que sua família fique feliz. Se quiser ter notas incríveis, o mesmo se aplica. Não se motive a perder peso, publicar livros ou construir casas para impressionar os outros. Faça pelo seu desejo de ter sucesso.

6- Seja seu próprio herói (heroína). 

Há inúmeras fontes de inspiração pelo mundo; verdadeiros modelos a seguir. Não é ruim encontrar alguém para admirar, cujos valores sejam parecidos com os seus. Ou para modelar, em determinada fase profissional. Porém, no final das contas, é importante pensar em si mesmo como seu próprio modelo, como a pessoa capaz de fazer e dizer o que quiser. Busque ser você mesmo e seja seu melhor “eu”, sua melhor versão.

Sinta orgulho de sua trajetória de vida, sinta orgulho da pessoa que você se tornou e de tudo o que já conquistou, superou e viveu até hoje. Com certeza você tem muitos motivos à se orgulhar!  Venceu inúmeros desafios na sua vida, dores, perdas e obstáculos que o tornam um verdadeiro herói ou heroína da sua própria história com dores e conquistas reais.

7- Aceite que a vida nem sempre é justa.

Nossos pais ou tutores se importaram tanto conosco que fizeram de tudo para nos criar em um ambiente justo. O mundo real não funciona com esse princípio, e esse é um grande problema da atualidade.

Então prepare-se pois possivelmente você será tratado mal por vários motivos injustos: sua cor, sua aparência, inteligência, sua altura, seu peso, seu poder financeiro, suas opiniões, seu gênero, orientação sexual, identidade de gênero, situação neuropsíquica, idade e qualquer outra característica.  Não permita que a injustiça do mundo impeça você de fazer o que quiser. Quer ser um enfermeiro? Uma mulher do serviço militar? A primeira pessoa de sua família a entrar na faculdade? Aja com convicção de que conseguirá o que quiser, apesar das dificuldades.

8- Pare de ligar pra opinião dos outros. 

Essa é a parte mais importante da independência. Pois o que importa de verdade é o que Você pensa sobre você, pois o que os outros pensam, são apenas a visão deles e não a sua verdade. Se você depender dos outros para descobrir qual música é legal, ou quais roupas são apropriadas, será impossível ser feliz!

Desde que você goste da coisa, nada mais importa! Pare de se preocupar com a opinião dos outros sobre sua vida, independentemente do que eles pensarem sobre suas roupas, sua carreira ou sobre quem você escolheu para ser sua cara-metade. Essas decisões são suas e de mais ninguém. Pessoas Independentes não justificam as suas escolhas, apenas as fazem!

Se você sempre tiver o maldito pensamento “Mas e o que as outras pessoas vão pensar se…” na sua cabeça, será impossível avançar e realizar os próprios desejos.

9- Apenas não “pense” que você é o melhor: prove-o a si!

Sua opinião é mais importante que a própria auto-motivação. Você sabe quando está colocando as próprias forças naquilo que quer. É mais fácil começar a lidar com suas responsabilidades sabendo, com incrível fé em si, que é possível lidar com o que vier do que tentar alcançar objetivos quando se está confortável demais. O conforto conquista pouca coisa (toda zona de conforto é tentadora), mas o esforço exagerado também não ajuda. Então tenha equilibro e persistência para seguir em frente sem deixar nenhum de seus valores de lado.

10- Consiga suas próprias informações. 

Leia e assista às notícias e procure informações das mais variadas fontes. Siga-as frequentemente e sempre tenha como objetivo observar ambos os lados de todas as histórias antes de formar uma opinião. Você pode conversar com pessoas de várias etnias para obter mais informações sobre um assunto relevante, também, mas jamais permita que os outros lhe digam o que pensar. Tome, como objetivo, ler o máximo possível, seja literatura clássica, de carreira, atualidades ou revistas.

Faça da leitura um hábito diário em sua rotina, quando se é bem informado, a consciência trabalha de maneira independente, sem maiores filiações partidárias ou extremistas. Dessa forma você não será influenciado por informações “fake” das redes sociais nem contaminado pelo sensacionalismo exarcebado de diferentes grupos sociais e ativistas em geral.

imagem_release_1416913

Acompanhe o trabalho de Aline Salvi Coach:

Instagram: @alinesalvicoach
Facebook: Aline Salvi Coach 
Youtube: Aline Salvi Coach

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Uncategorized

Entrevista com o tik toker Lucca Bustamante

Published

on

Apaixonado por fotografia e trabalhando com a criação de conteúdo, Lucca Bustamante vem conquistando seu espaço na internet e no mercado fotográfico com seus impressionantes ensaios. Com apenas 18 anos, já conta com mais de 80 mil seguidores no tik tok, número que aumenta diariamente, tanto na plataforma, quanto em outras redes sociais.

O crescimento do alcance do criador na plataforma vem sendo uma surpresa para o mesmo, que hoje conta com pessoas que o acompanham fielmente e vem construindo sua comunidade de forma orgânica nas redes sociais. Integrando ao time de criadores presentes no Tik Tok, Lucca idealiza seus próprios conteúdos inovadores e participa das mais diversificadas trends em alta do aplicativo.

Em 2016, o empreendedor e criador de conteúdo já gravava vídeos para a versão antiga do tik tok, o musical.ly, mas parou com o tempo e retornou em maio de 2020. Com um conteúdo focado em comédia, Lucca acumula mais de 1,8 milhões de curtidas no aplicativo.

Paralelo a isso, vive sua carreira como fotógrafo. Para saber mais detalhes sobre a produção de conteúdo do criador e sua relação com a fotografia, produzimos uma entrevista pra lá de especial e ele pôde nos contar um pouquinho mais sobre tudo e ainda deu dicas para quem quer seguir alguns dos passos. Confira:

– Você vem crescendo bastante nas redes sociais e em pouco tempo.  Como está sendo isso para você?

Lucca – Tem sido muito legal e me deixado animado. Ao mesmo tempo me deixa meio perdido por eu não estar acostumado. É um pouco surreal. Não sou ninguém grande nem famoso, mas sei que tem pessoas que me seguem e interagem comigo o tempo todo. Tem uma galera que gosta realmente do que eu posto. Me sinto muito acolhido e feliz por estar fazendo algo legal e que essas pessoas realmente gostam e pedem para eu continuar fazendo. Tem sido um retorno incrível e impactante.

– No mês passado você viralizou na plataforma com dois vídeos, um sobre sua experiência como testemunha do ENEM e outro sobre o alistamento do exército. Você esperava que esses assuntos fossem tomar a proporção que tomaram?

Lucca – De forma alguma eu achei que esses dois assuntos iriam viralizar, principalmente o do Enem. O do exército veio depois do Enem, então já estava com os vídeos sendo entregues. Meus vlogs e a minha rotina já estavam na foryou para muitas pessoas. O do exército eu não esperava que fosse repercutir tanto, mas já não fiquei tão espantado quanto o do Enem, que foi bem espontâneo. Não imaginava nada e acabou acontecendo.

– O que você acredita que mais fez as pessoas começarem a realmente te acompanharem pelas redes sociais?

Lucca – Eu acredito que não pode ser por outra coisa a não ser gostar do Lucca, de quem eu sou. Os vídeos no tik tok e nos stories do instagram são 100% eu. É uma pessoa animada, às vezes caótica, tagarela demais e que se diverte com pouco. Se essas pessoas estão me acompanhando, acredito que é por quem eu sou, porque meu conteúdo é praticamente a minha rotina diária.

– Agora você também vai para a Twitch. Como surgiu essa ideia e o que as pessoas podem esperar das lives?

Lucca – Na twitch a ideia de lives surgiu porque desde que eu comecei no tik tok eu sempre gostei de fazer ao vivo, ouvindo música, dançando e sempre teve interação, mas achava que não era proveitoso. Acredito que a twitch é um ambiente mais aberto e possibilita melhor essa interação. Além de também poder fazer mais do que só um bate papo. Lá é também uma plataforma de streaming, que me possibilita fazer live conversando com quem tiver me assistindo, ou transmitindo algo, jogando. É uma plataforma bem abrangente.

– Além da criação de conteúdo, você tem a sua paixão pela fotografia e está se inserindo no mercado. Como surgiu sua relação com a fotografia e o que ela representa para você?

Lucca – A minha relação com a fotografia está presente desde sempre. Desde que me entendo por gente (risos). Sempre gostei muito de fotos, principalmente na minha pré-adolescência. Eu amava tirar fotos. Tirava de tudo, o tempo inteiro estava tirando fotos dos lugares, tentava montar meu feed no instagram bonitinho, da maneira tumblr que tinha na época. A fotografia sempre esteve presente. Ela representa para mim uma esperança, porque quando eu sinto que não estou me encontrando em nada, eu sei que tenho a fotografia. Sei que nela eu me encontro 100%, é onde tenho segurança. Tenho certeza que faço bem e confio no meu trabalho.

– Quem ou quais são suas maiores inspirações na fotografia?

Lucca – Minha maior inspiração na fotografia é o Gustavo Lima. É um fotógrafo que admiro muito. Conheci ainda mais a história dele no curso que ele disponibilizou e que tive a oportunidade de fazer. Amo a história de como ele cresceu na fotografia e toda a trajetória dele. Acho inspiradora. Considero linda a forma como ele tem um olhar pela fotografia. Admiro demais.

E como pessoa do meu cotidiano, que acho importante ter também como inspiração ou força, tenho a minha irmã por conta de toda a motivação, incentivo e apoio que ela me dá para a fotografia.

– Que mensagem você deixaria para quem quer entrar na vida de criador de conteúdo e para quem quer trabalhar com a fotografia?

Lucca – Para quem quer entrar na vida de criador de conteúdo eu indico se jogar e ir com o que tem pra oferecer, vai ser o suficiente. Talvez no começo não dê certo tão rápido, mas uma hora pode dar. Se joga, aproveita o tempo de criação e não fica pensando apenas para quantas pessoas está sendo entregue o que você fez. Pense na trajetória até isso. É muito importante perceber as coisas boas que você fez até chegar ao resultado final do vídeo, até chegar ao resultado final do que você está entregando para os seguidores e pensar no quanto aquilo foi divertido de fazer. Às vezes não vai sair como esperamos, não vai ser entregue para o número que esperamos, mas temos que ver o lado bom de alguma forma.

E na fotografia o mais importante é não se limitar. Não falar para você que não vai começar porque não tem câmera e que só tem celular. Vai com o que você tem também e mostre o seu olhar. Não tenha medo. Chame os amigos, fotografa paisagem e pessoas. Usa um celular ou uma câmera velha. Vai como conseguir e faz o seu olhar e represente quem você é.

Continue Reading

Uncategorized

Rodrigo Tardelli comenta evento online de “A Melhor Amiga da Noiva”, que reuniu cerca de 100 fãs

Published

on

Com a renovação da websérie “A Melhor Amiga a Noiva”, os proprietários da produtora de audiovisual independente responsável pela trama, a Ponto Ação Produções, idealizaram um evento online para que o público pudesse estar mais por dentro das gravações da nova temporada. O evento ocorreu no último dia 12, e contou com a participação de cerca de 100 fãs.

Produzida pela Ponto Ação Produções, produtora de audiovisual independente, “A Melhor Amiga da noiva” se tornou a websérie lésbica mais assistida da América Latina entre os anos de 2017 e 2018. O sucesso acumula hoje mais de 37 milhões de visualizações nos episódios das duas primeiras temporadas.

Com a presença dos atores Rodrigo Tardelli, Natalie Smith e Priscilla Pugliese, sócios da produtora e protagonista da trama, os fãs foram à loucura e puderam conferir detalhes e ter novidades em primeira mão.

O ator Rodrigo Tardelli esteve à frente de toda a produção de preparação, ao mesmo tempo em que rolavam as gravações da série. “Preparei todo o evento ainda durante a gravação. Enquanto a galera estava gravando, eu estava em outro local, mexendo em luz, preparando o zoom, links, agitando a galera, organizando tudo do roteiro do evento e separando as cenas que já havíamos gravado e exibiríamos. Ao mesmo tempo ia lá, ajudava e gravava também. Foi muito louco. Fizemos um milhão de coisas ao mesmo tempo”, conta Rodrigo.

Com público nacional e internacional, o evento foi um grande sucesso. “Foi maravilhoso e a galera amou muito. Foi ótimo poder ver a carinha deles, conversar e falar sobre a temporada, tirar dúvidas. Explicamos também sobre o porquê do retorno da série e pude falar mais sobre o retorno do Daniel”, comenta Rodrigo.

Devido à pandemia o evento aconteceu de forma online, formato pelo qual o ator Rodrigo Tardelli ainda não havia experimentado e afirma ter sido um momento muito especial. “Eu não tinha feito um evento online ainda. Foi uma experiência nova e gostosa. Quero voltar a fazer presenciais, mas gostei muito desse formato também. Fizemos em dois links: um nacional e outro internacional. Mudamos de cenário, colocamos as músicas temas da série para tocar enquanto a galera esperava. Eles interagiram muito e fizeram várias perguntas interessantes”, finaliza Rodrigo.

Continue Reading

Uncategorized

Hello world!

Published

on

Welcome to WordPress. This is your first post. Edit or delete it, then start writing!

Continue Reading

Trending

Copyright © 2017 Geração Z. Theme by Mega Group. powered by Rafael Nascimento.

Close Bitnami banner
Bitnami