Connect with us

Uncategorized

“O Brasil está voltando ao tempo da censura?” por Luca Moreira

Published

on

Parece que na Bienal do Livro desse ano, a literatura e a exposição positiva a cultura não foi o que prevaleceu nessa última sexta-feira, do dia 06 de setembro. O atual prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, tomou as manchetes dos principais jornais do Brasil quando passou a associar as representações LGBT como pornografia. Livros como o best-saller “Com Amor, Simon” da autora americana Becky Albertalli, foram cassados por fiscais da Secretaria Municipal de Ordem Pública, sendo classificados como conteúdo impróprio para menores.

Segundo o prefeito, ele afirmou em um vídeo publicado em seu Twitter, que obras assim precisaram estar embalados em um plástico preto lacrado e indicando explicitamente o seu conteúdo do lado de fora: “Pessoal, precisamos proteger as nossas crianças. Por isso, determinamos que os organizadores da Bienal recolhessem os livros com conteúdo impróprios para menores. Não é correto que elas tenham acesso precoce a assuntos que não estão de acordo com suas idades.”

O assunto comoveu muitas pessoas, e inclusive editoras, que como o caso da Intrinesca e a Todavia, que disse em um depoimento nas suas redes sociais que essa atitude remete a uma era sóbria da nossa história, e afirmou que continuaram vendendo os seus livros com o propósito de exprimirem uma visão plural do mundo.

A situação não parou apenas no Riocentro, pois diversas figuras públicas como o youtuber Felipe Neto e o ator Rodrigo Tardelli também se manifestaram conta o acontecimento. Felipe publicou um vídeo através de seu canal informando a compra de cerca de 14 mil livros sobre essa temática e realizou no dia seguinte uma distribuição gratuita de diversos títulos durante o evento.

Para o ator Rodrigo Tardelli, um dos donos da Ponto Ação Produções, uma produtora independente de web séries e que tratam desse assunto, diz que as pessoas precisam ter acesso a esse conteúdo para que possam entender que essa comunidade só que ter respeito assim como todas: “Eu trabalho muito com o público LGBTQI+ por conta de web séries que já atuei e produzi, sei da importância da representatividade e do quanto as pessoas precisam ter acesso a isso e entender melhor que amor é amor, que a comunidade só quer respeito como qualquer ser humano, um beijo entre homens é normal, homens se amares é normal, são seres humanos, essa repressão é absurda, isso não vai parar as pessoas, quem faz o mundo são as pessoas, a sociedade, isso não vai parar. Atitudes como as do Felipe Neto são coisas que me faz acreditar na humanidade e que atitudes preconceituosas e ultrapassadas assim não terão vez, apesar da tristeza de saber que isso existe e mais triste ainda de ser algo levantados pelos nossos  governantes em atos tão infelizes, há muito mais com o que se preocupar no estado e no país que um livro LGBTQI+.” E você, acha que a censura cultura está retornando ao Brasil, como na época da ditadura militar nos anos 70?

Sobre Luca Moreira:

Luca Rocha Moreira nasceu em Niterói – RJ, no dia 14 de maio de 1998. Descendente de família mineira por parte de mãe, é filho da funcionária pública Lucia Maria Rocha da Silva e do designer gráfico Luiz Carlos Falcão Moreira. Estudou a infância toda em rede particular de ensino e durante o ensino médio, cursou integração com técnico em engenharia naval pela Escola Técnica Estadual Henrique Lage, unidade componente da Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro, onde participou de diversos protestos relacionados ao grêmio estudantil.

Enquanto estava cursando a escola, iniciou um curso de interpretação teatral na Oficina Social de Teatro, onde teve seu primeiro contato com as artes cênicas, onde recebeu aulas do ator e professor Alécio Abdon, porém se retirou do curso por motivos de dificuldade em interpretar seus personagens. Ainda no segundo grau, montou uma página no Facebook, onde começou a falar de múltiplos assuntos, entre eles esportes, nutrição e cultura. Em março de 2016 foi descoberto pela produtora teatral Grazi Luz, dona da Fazart Produções Artísticas, quando recebeu seu primeiro convite para ser aprendiz de comunicação da companhia, ainda que com 17 anos.

Seu interesse pelo jornalismo teve início alguns meses após sair da produtora, quando começou a publicar artigos no “Almanaque Mídia” na época comandado por Esdras Ribeiro. Algumas semanas depois do fechamento do portal, foi abordado pelo jornalista brasiliano Daniel Neblina, que o convocou para integrar o time de colunistas do “RegistroPop”, onde despontou como entrevistador-chefe do veículo, foi aí que iniciou sua carreira como jornalista. Fundado em dezembro de 2017 e lançado em janeiro de 2018, após o ano novo, o site Luca Moreira, estilizado apenas como “LM”, foi o ponto alto onde tudo passou a se desenrolar e o primeiro projeto original e criado por conta própria. No início, ele foi pensado apenas para ser um formato de sites de entrevistas somente, seguindo o conceito do blog CJ Martim em São Paulo, mais para manter o público crescendo, o projeto teve de se expandir e buscar parcerias. Hoje em dia, o site também tem função pessoal em poder aplicar as técnicas que foi desenvolvendo na faculdade.

Em março de 2018, ingressou na Universidade Estácio de Sá no curso de publicidade e propaganda, trocando posteriormente por jornalismo, onde passou a redigir para o Núcleo de Comunicação da unidade, integrando uma equipe de 9 estudantes na redação da versão impressa do jornal “Estaciente”, sendo orientado pelos mestres Gutenberg Barbosa, Aline Novaes e Marco Aurélio Reis.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Uncategorized

Fábio Júnior esbanja romantismo em show no Grande ABC

Published

on

Fabio Júnior mostrou para os mais de 900 convidados que suas letras românticas e seu estilo sedutor são marcas registradas e que continuam em alta. De “Pai” a “Caça e Caçador” todos os presentes formaram coro com o cantor que esbanjou simpatia, amor e muita emoção. Fabio Junior ainda homenageou a filha Cléo Pires com um trecho de um poema e dedicou à canção “Tente outra vez” de Raul Seixas.

O show foi fechado e fez parte do encerramento da 22 ª Convenção Nacional Sono Quality. Nany People mostrou como dominar o palco, a atriz, humorista e apresentadora deu um show de profissionalismo e sorrisos desfilando quatro vestidos luxuosos na apresentação. A apresentadora Sonia Abrão subiu ao palco para agradecer a parceria com seu programa na Redetv e Nany aproveitou para reverenciar e agradecer à apresentadora e jornalista por ter dado oportunidade quando começou na TV.

Celebridades como Andréa Nóbrega, cantor sertanejo Teodoro (da dupla Teodoro e Sampaio), Cesar Galones (TV Aparecida), entre outros estiveram presentes durante o dia, para prestigiar e compartilhar histórias de sucesso e parceria com a marca.

O Cenforpe é hoje um dos maiores complexos de educação do Brasil e um dos maiores espaços para eventos no Grande ABC. Ricardo Eloi, CEO destacou que um evento deste porte gera empregos de forma direta e indireta para a cidade, atrai os olhares de investidores e empresários para a região, além de fomentar economia local e aumentar o prestigio de todos os colaboradores que trabalham e residem no Grande ABC.

Crédito Fotográfico: Estudio Fos Grafe

Continue Reading

Uncategorized

Nova moda entre as celebridades dadinho de tapioca com novo produto Akio

Published

on

APRENDA FAZER DADINHO DE TAPIOCA COM O NOVO PRODUTO DA AKIO

Em 2018, a Akio lançou a tapioca granulada. Esse lançamento faz parte da linha de tapioca da marca e que garante a mesma excelência e qualidade, assim como todos os produtos da categoria.

Livre de sódio, glúten e gordura, a TAPIOCA GRANULADA é usada para o preparo de doces, como cuscuz, pudim, bolos e outras variedades.

A indústria também está em parceria com o localizador de produtos Gofind, onde os consumidores conseguem achar qualquer produto da empresa mais próximo de onde estiver através do link akio.pertinhodemim.com

Dadinho de tapioca” é uma das receitas mais famosas nos bares da Grande São Paulo e perfeita para compartilhar com os amigos e familiares. A chef e nutricionista Bruna Pavão ensina como prepará-la em casa:

RENDIMENTO: cerca de 20 dadinhos
TEMPO DE PREPARO: cerca de 20 minutos + 3 horas (geladeira)
INGREDIENTES

1 xícara (chá) de tapioca granulada Akio
1 xícara (chá) de queijo coalho ralado grosso
2 xícaras (chá) de leite
1 colher (chá) de sal
½ colher (chá) de pimenta do reino moída

MODO DE PREPARO

Em uma panela média, ferva o leite com o sal e a pimenta.

Em um recipiente, misture o queijo com a tapioca e reserve.

Quando o leite ferver, desligue o fogo e adicione a mistura reservada.

Mexa bem até firmar e desligue o fogo.

Em seguida, transfira para uma assadeira untada levemente com azeite e reserve na geladeira por cerca de 3 horas para firmar.

Corte em quadradinhos e grelhe em uma frigideira com azeite até dourar de todos os lados.

Sirva com geleia de pimenta.

Sobre Akio:

Desde 1983, a Akio atua oferecendo aos seus clientes e consumidores alimentos com qualidade. Em 1992, a AKIO foi comprada por um casal de mineiros que chegou a São Paulo trazendo na bagagem quase nada além de muita vontade de vencer e conquistar uma vida digna. A AKIO, na época, tinha uma abrangência limitada na distribuição de alho empacotado, único produto até então produzido.

Buscando pioneirismo e facilidade de consumo, em 2010, a AKIO lança um produto totalmente inovador: a tapioca semi-pronta Akio. Acreditando no potencial da ideia, conseguiram popularizar o produto que agrada ao paladar dos novos consumidores.

Atualmente, a Akio segue em grande expansão e agregando mais produtos em seu catálogo.

Telefone: (11) 2280-5412

Contato: [email protected]

Home

facebook: https://www.facebook.com/AkioRoxo/

instagram: @akioroxo

Continue Reading

Uncategorized

Musa do Santos, Priscila Kimura encabeça campanha para o Outubro Rosa: “em favor das mulheres e contra o câncer de mama”

Published

on

Priscila Kimura recebeu o título de Musa do Santos em 2018 após desfilar vestindo apenas fitas coladas pelo corpo. A morena fez tanto sucesso representando o time da Vila Belmiro que foi convidada para ser a embaixadora do concurso Musa do Brasileirão 2019. Consciente e cheia de vontade de mudar o mundo, Priscila foi escolhida pelo concurso para ser o rosto da campanha contra o câncer de mama promovida pelo Musa do Brasileirão.

                                                                                                              Foto: Insigna

“É uma honra representar tantas mulheres fortes e guerreiras ao redor de todo mundo. Mulheres que lutam contra a doença, mulheres que já lutaram! Sou só uma incentivadora do autoexame, jamais conseguiria me colocar no lugar dessas guerreiras que enfrentam ou enfrentaram o câncer, não me cabe o lugar que não é meu. Só elas sabem a dor que sentiram, que sentem, além das perdas que tiveram. A prevenção será sempre a maior e melhor forma de prevenção. Mas, estamos de rosa e vamos fazer um lindo barulho no mês de outubro em favor das mulheres e contra o câncer de mama”, disse a Musa do Santos.

O mês de outubro é rosa do início ao fim. Além de ser o mês de combate ao câncer de mama, é também o mês da Luta Contra a Violência à Mulher. Priscila Kimura se mostra totalmente feminina e feminista.

                                                                                                             Foto: Insigna

“Outubro é o mês da mulher! Mês de Luta Contra o câncer, Luta Contra a Violência à Mulher e é necessário que façamos muito barulho, barulho por todo lado. Não podemos nos calar diante de homem que nos tem como propriedades dele, como um objeto que ele compra e ele faz o que quer. Não, não somos de homem nenhum, meninas! Somos nossa!”, disparou.

 

Continue Reading

Trending