seaofthieves

BGS: Sea of Thieves – Primeiras Impressões

Jogamos um dos principais exclusivos do Xbox para o próximo ano: Sea of Thieves. Com direito a trilha sonora, tocada por piratas, enquanto aguardávamos na fila para testar o jogo. Confira nossas primeiras impressões.


As primeiras impressões que temos ao jogar Sea of Thieves é de um jogo bem divertido com um cooperativo intenso. Aqui temos uma grande interação entre os jogadores da equipe e a comunicação é ponto crucial.

Estamos em um jogo onde  as tarefas são organizadas e cada jogador fica responsável por função. Um jogador fica responsável pelo mastro, outro pela navegação, o outro assume a vela e alguém deve ser o guia do navio, mas não pense que tem função mais ou menos importantes todas são igualmente essenciais.

Mastro

Mastro

Parece uma função meio que inútil, né? Afinal para que ficar no mastro? Mas aí que se engana. Essa não é um função inútil. É de grande importância, pois quem está no mapa e navegando, não consegue enxergar obstáculos menores no caminho, como rochas, por exemplo.

Se quem está no mastro não avisa ao navegador, certamente a equipe passará por grandes apuros, pois dessa forma o navio irá colidir com essas rochas causando uma perfuração no casco do navio, necessitando assim que o navio seja reparado. A partir daí alguns integrantes terão que descer para reparar e para isso será necessário madeira que é encontrada por ali mesmo (ao menos aqui na demo que jogamos foi dessa forma) se a equipe não estiver atenta isso será fatal, pois o barco afundará e você e sua equipe irão precisar de outra embarcação.

Sim, minha equipe afundou mesmo o navio e, na nossa experiência, conseguimos uma nova embarcação através de uma sereia que nos retornou ao inicio do jogo. A função simples de ficar no mastro, pode torna-se um tanto complexa, não é?

Vela

Velas na direção do vento

O jogador responsável pela vela é de extrema importância, pois o navio é movido através da força do vento. O jogador deve baixar as velas e direcioná-las de acordo com a direção do vento, pois caso contrário o navio não vai se mover, mas se por um acaso você fizer tudo certo e o navio não se mover, calma, pode ser porque você e sua equipe esqueceram de subir a âncora.

 Navegador e Mapa

Aqui temos duas funções, onde é impossível desassocia-las, pois quem está navegando não tem acesso algum ao mapa, aqui não existe um minimapa te guiando a todo momento. Quem está no mapa é responsável por guiar o navio e quem está navegando altera a direção de acordo com as direções ditas por quem está no mapa. Simples assim!

Objetivo

Como vocês podem perceber, é preciso uma cooperação muito intensa, cada jogador é de suma importância para cumprir o objetivo do jogo. Mas qual, afinal, é o objetivo?

Em Sea of Thieves todos os jogadores recebem uma dica sobre o objetivo e mais alguns mapas de ilhas onde o tesouro se encontra. Quem estiver no mapa, terá que comparar para saber qual é a ilha correta e, a partir daí, sua equipe começar a aventura.

Com certeza, vocês perderam muitas horas se divertindo com Sea of Thieves. Eu mesmo ficaria horas no stand do #XBox apenas navegando por mares desconhecidos. E para quem futuramente for usufruir dessa aventura, deixo uma dica: Se e o navio tiver seu casco perfurado, conserte-o rapidamente para que não haja necessidade de retorno ao inicio do jogo 😉

Se gostou, curta, compartilhe e indique aos amigos!
Tags:
0 shares
Viciado em games em geral, principalmente em RPG. Tenho como jogo favorito até o momento "The Witcher 2 e 3" e também sou fascinado na trilogia Dark Souls. Sempre antenado nas notícias do mundo dos games... Gamertag: xWarriorPlayerx / Steam: xWarriorPlayerx
Previous Post

BGS: Aberta a décima edição da Brasil Game Show

Next Post

A Ciambra: Representante Italiano do Oscar – Crítica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *