Connect with us

Música

Illy aborda empreendedorismo e legalização da maconha em clipe

Published

on

Foto: Victor Curi

Uma professora demitida e desolada joga no lixo a carteira de trabalho. Na poltrona de casa, ao ler uma reportagem sobre empreendimento com maconha tem uma ideia: chama as amigas e começa a vender biscoitos feitos da erva. Essas são as primeiras cenas do clipe de “Djanira”, que a cantora Illy lança no próximo dia 30. Com Mart’nália, Giselle Itié, Camila Lucciola e Taisa Machado no elenco, roteiro e direção de Pedro Henrique França, “Djanira – o clipe” tem estética pop, inspirações em Almodóvar e assim como a música, aborda com sutileza a legalização da maconha.

Illy. Foto: Victor Curi

A canção está no elogiado álbum de estreia da baiana radicada no Rio de Janeiro, “Voo longe” produzido por Kassin e Moreno Veloso. “Os clipes nos dão a oportunidade de fortalecer nossa arte e nosso discurso. Usamos a dança, a moda e Djanira para lembrar que a legalização funciona bem em vários países desenvolvidos, colabora com o aumento da economia local, é uma ótima opção de empreendedorismo, gera empregos, diminuiria a população carcerária e avançaria os estudos sobre a planta contra diversas doenças”, afirma Illy.

“Não fazemos aqui, com Djanira, apenas um ato pró-legalização à maconha, mas à liberdade. Djanira é um clipe afetivo e feminista, colorido e alegre, dentro de um Brasil que pode ser possível”, acrescenta o diretor Pedro Henrique França. “‘Djanira’ é resultado de um trabalho coletivo muito bonito, que soma discursos e reúne essas mulheres tão fortes para mostrar que estamos juntos por um país mais feliz e maduro”, acredita o diretor.

Illy. Foto: Victor Curi

O clipe é lançado num momento que o STF está prestes a debater a pauta da legalização no Brasil. “Espero que ajude de alguma forma para que os governantes enxerguem o tamanho do benefício que a legalização pode trazer. Estamos em tempos conturbados, mas iremos chegar mais fortes ao futuro”, torce Illy.

Veja “Djanira – o clipe”:

Música

“Você Que Lute”: Giana Mello lança música composta por produtor de Anitta

Published

on

Giana Mello apresenta hoje (02), o seu novo videoclipe “Você Que Lute”. A cantora que é fenômeno nas redes sociais, mostra um outro lado da carreira onde já vinha se destacando desde seu último lançamento “Vou Jogar”, e agora traz mais uma novidade que promete enlouquecer os fãs.

“Você Que Lute” é o terceiro clipe da cantora. O local escolhido para a gravação do vídeo foi em uma floresta com um frio de 9° graus, localizada em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, cidade natal da cantora.

O single foi composto por Umberto Tavares, renomado produtor musical que já trabalhou com grandes nomes da música como Anitta, Ludmilla, Pabllo Vittar, entre outros. A canção traz uma mistura dos ritmos Pagode Baiano e Pop/Funk.

“Se preparem para se encantar com o clipe e a melodia. Jurooo!! Estava tão ansiosa, não sei nem explicar… É um misto de emoções! Mas estou muito feliz com o resultado, é meu terceiro lançamento, com composição do gigante Umberto Tavares, me sinto extremamente grata e honrada por estar com ele nessa música. Espero que todos amem assim como eu!”, comentou a cantora.

Desde criança sonhava em seguir a carreira artística, após se destacar em concursos musicais, nos quais chegou a ser campeã, Giana decidiu então se dedicar exclusivamente à música. A jovem que tem intimidade com a dança, inclusive já praticou diversos tipos, desde a de salão até stiletto, assinou a coreografia de “Você Que Lute”, deixando sua marca cheia de atitude e empoderamento feminino.

Continue Reading

Música

Drag queen Gaah lança “Pegando Fogo (O clima tá quente)”, com letra de protesto

Published

on

A cantora drag queen Gaah, disponibilizou o seu primeiro single! “Pegando Fogo (O clima tá quente)” dando início à sua carreira musical com uma composição que traz o orgulho LGBTQIA+ na letra, trazendo visibilidade exatamente no mês do Orgulho. A música já está disponível em todas as plataformas digitais e o videoclipe você pode conferir logo abaixo.

Gaah já faz sucesso na internet com quase 440 mil seguidores no Instagram e quase 300 mil inscritos em seu canal do YouTube e agora dá mais um passo em sua carreira com um megaprojeto, que promete literalmente “pegar fogo”.

Os versos empoderados e de protesto são cantados pela artista de forma bem descontraída, promovendo a importância do respeito e o fim do preconceito.

Perguntada como se sentia com este lançamento, Gaah respondeu:
“Tô muito feliz, porque estou usando a minha imagem como artista e a minha voz pra defender uma comunidade na qual eu faço parte! E isso não tem preço, sabe? Poder estar a frente, poder estar falando pelas pessoas que não têm, por exemplo, a mesma influência que eu, na internet… o meu lema com o meu trabalho é mostrar para as pessoas que elas podem ser quem elas quiserem, independente de julgamentos, nada muda a nossa essência e o que está dentro do nosso coração. Para mim, estar lançando essa música em tão pouco tempo antes do Dia Internacional do Orgulho LGBT é muito emocionante, porque eu nunca imaginei que essa música fosse ser lançada no mês do orgulho! Trabalhamos intensamente e muito delicadamente, e só fizemos uma reunião para decidir a data poucos dias atrás. Então, jamais imaginava, desde que comecei a gravar a música e o clipe, que o projeto iria sair na data perfeita!! Isso é gratificante.”

Com influências de Glória Groove e Lil Nas X, o ritmo animado com batidas dançantes, uma mistura de Funk e Pop, e um clipe de cores vibrantes, looks provocantes e cheio de efeitos especiais, promete encantar os fãs e levantá-los do sofá!

Continue Reading

Música

Pineapple Storm lança “Poesia Acústica 11: Nada Mudou”

Published

on

L7NNON, Xamã, MC Poze do Rodo, Lourena, Azyy, Chris MC, Cynthia Luz e Ryan SP. Essa é a formação do “Poesia Acústica 11: Nada Mudou”. O maior projeto de rap nacional, idealizado pela gravadora Pineapple Storm, chega a sua décima primeira edição depois de mais de 2 bilhões de visualizações no YouTube e 1 bilhão de reproduções nas plataformas digitais. Nesta terça-feira (22), os versos melódicos desses 8 artistas aterrissam na internet e consolidam ainda mais o gênero que briga pelo topo das paradas. Em menos de 24 horas, “Nada mudou já ultrapassou a barreira dos 4 milhões de views no youtube.

Com 3 mulheres em sua formação, o “Poesia 11” vai do funk paulista ao pop em suas sonoridades e referências. A cantora Lourena, por exemplo, cita versos de “Várias Queixas”, sucesso regravado pelo trio Gilsons, para falar de um amor não correspondido. Xamã brinca com a música “Freio da Blazer”, single de L7NNON, que ultrapassa 80 milhões de visualizações no YouTube, e se chama de “a cara dos filho da Deise”. MC Poze também deixa o seu flow de trapper e fala novamente sobre sua vida de corre, sem compromisso: “Não faço poesia, faço trabalho lindo”.

“É muito importante porque, além de contar com nomes consagrados do projeto, como o Xamã, o Chris MC e a Azzy, é a primeira vez que temos três mulheres. Isso será uma regra do ‘Poesia Acústica’ agora – nenhuma edição terá menos do que três cantoras. E conseguimos unir um grande nome do funk atual de São Paulo (Ryan SP) e um ídolo do funk carioca (MC Poze do Rodo). Estamos felizes com o resultado final”, conta Paulo Alvarez, fundador da Pineapple.

Com a temática do amor mais diversa, “Poesia Acústica 11: Nada Mudou” chega às plataformas digitais via ONErpm, e o clipe você pode conferir abaixo!

Continue Reading

Trending

Copyright © 2017 Geração Z. Theme by Mega Group. powered by Rafael Nascimento.

Close Bitnami banner
Bitnami