Connect with us

Música

Alvares aposta no funk “Assumi Mozão” e revela nova face de trabalho

Published

on

O segmento do pop ganha mais um nome. Alvares, conhecido por seus trabalhos com o indie, encara o divertido dilema de se reinventar. Conhecido por seus trabalhos com diversos artistas, o compositor, cantor e produtor musical releva “Assumi Mozão”. A faixa, que é uma investida de Alvares no Funk, reforça sua versatilidade artística.

Os beats mais noturnos sempre estiveram no hype de Alvares. Com trabalhos como DJ, o cantor assume que a vontade de trabalhar com um ritmo mais difundido já vinha sendo fomentada há tempos. “Eu sempre fui um fã de música eletrônica, desde pequeno sou apaixonado por House music. Eu vi numa entrevista uns anos atrás um cara que eu sou muito fã chamado João Brasil dizer que o funk era a música eletrônica genuinamente brasileira. Isso ficou na minha cabeça por um longo período de tempo. Mas eu confesso que foi o Dennis DJ misturando EDM e funk que me mostrou que de repente poderia ter um espaço pra mim por ali”, relata o artista.

Para Alvares, a aposta num novo segmento fomenta apenas uma vontade própria de percorrer novos caminhos em busca de novas sonoridades. “Eu almejo contribuir para essa cena tão potencial que é a música eletrônica brasileira seja no funk, no Brazilian Bass e em todas as vertentes do que eu gosto de categorizar como música urbana.”, diz Alvares.

O meio para encontrar essa nova face de trabalho foi um estudo mais profundo, mas ao mesmo tempo despretensioso da cena musical brasileira. O que está tocando nas rádios?

Alvares. Foto: Renan Olivetti/Divulgação

“Escolhi lançar um funk pois vi que é um meio um tanto quanto despretensioso em alguns aspectos. Isso me deixou muito a vontade. Vi que no funk alguns padrões de produção e composição não são claramente regras. Assim me vi a vontade para buscar um novo caminho tendo o funk carioca como base. Sem a preção de seguir a indústria a música fica mais gostosa de se fazer, produzir, cantar e viver”, assume o cantor.

Conhecido por produzir, compor e planejar completamente suas faixas, Alvares agora conta com produção de Molla DJ em sua estreia no funk. Conhecido por trabalhos com diversos nomes como Lorena Simpson, o produtor também assina um programa próprio na Mix Rio FM. “O Molla é um amigo querido. A gente já se conhecia de internet a um tempinho, mas foi ano passado que começamos a trabalhar juntos. Eu estava escrevendo uma música para uma cantora Pop por encomenda e chamei o Molla pra me ajudar fazendo a produção dessa música”, comenta Alvares sobre a parceria. “Ele me convidou pra conhecer o estúdio dele em Botafogo e dali já saímos com uma guia do single ‘Assumi Mozão’”, completa Alvares.

Segundo o artista, estar por trás de todo o processo de concepção de uma faixa, apesar de ser um grande desafio, é algo recompensador. “Confesso que foi e esta sendo um ENORME desafio adaptar a minha linguagem para algo mais acessível. Eu sempre gostei de não deixar as coisas bem claras e de usar figuras de linguagem. Escrever algo direto e que fique na mente das pessoas esta sendo um trabalho duro pra mim. Mas sinto que é natural esse ” desconforto positivo”.

Adiantando um pouco os planejamentos, Alvares assume que já possui três músicas gravadas com Molla: “Depois disso então produzimos 3 musicas que vamos lançar nos próximos meses. A gente tem uma relação bem legal de troca e aprendizado mútuo. É muito legal trabalhar com ele. Já chegamos a atacar até como ‘Alvares & Molla’ discordando na Casa da Matriz”.

Veja o lyric video de “Assumi Mozão”: 

Sobre Alvares:

Sempre emergido no mundo musical, Alvares tem a versatilidade na veia. Conhecido por seus trabalhos como produtor musical, se joga na música como uma realização. Compositor com um pé no romântico, apaixonado por House music e por tocar violão.

Dentre suas inspirações, estão estéticas musicais completamente diferentes, que vão desde a música eletrônica produzida na França nos últimos 20 anos até a levada mais clássica de Tom Jobim e Frank Sinatra.

Música

“Você Que Lute”: Giana Mello lança música composta por produtor de Anitta

Published

on

Giana Mello apresenta hoje (02), o seu novo videoclipe “Você Que Lute”. A cantora que é fenômeno nas redes sociais, mostra um outro lado da carreira onde já vinha se destacando desde seu último lançamento “Vou Jogar”, e agora traz mais uma novidade que promete enlouquecer os fãs.

“Você Que Lute” é o terceiro clipe da cantora. O local escolhido para a gravação do vídeo foi em uma floresta com um frio de 9° graus, localizada em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, cidade natal da cantora.

O single foi composto por Umberto Tavares, renomado produtor musical que já trabalhou com grandes nomes da música como Anitta, Ludmilla, Pabllo Vittar, entre outros. A canção traz uma mistura dos ritmos Pagode Baiano e Pop/Funk.

“Se preparem para se encantar com o clipe e a melodia. Jurooo!! Estava tão ansiosa, não sei nem explicar… É um misto de emoções! Mas estou muito feliz com o resultado, é meu terceiro lançamento, com composição do gigante Umberto Tavares, me sinto extremamente grata e honrada por estar com ele nessa música. Espero que todos amem assim como eu!”, comentou a cantora.

Desde criança sonhava em seguir a carreira artística, após se destacar em concursos musicais, nos quais chegou a ser campeã, Giana decidiu então se dedicar exclusivamente à música. A jovem que tem intimidade com a dança, inclusive já praticou diversos tipos, desde a de salão até stiletto, assinou a coreografia de “Você Que Lute”, deixando sua marca cheia de atitude e empoderamento feminino.

Continue Reading

Música

Drag queen Gaah lança “Pegando Fogo (O clima tá quente)”, com letra de protesto

Published

on

A cantora drag queen Gaah, disponibilizou o seu primeiro single! “Pegando Fogo (O clima tá quente)” dando início à sua carreira musical com uma composição que traz o orgulho LGBTQIA+ na letra, trazendo visibilidade exatamente no mês do Orgulho. A música já está disponível em todas as plataformas digitais e o videoclipe você pode conferir logo abaixo.

Gaah já faz sucesso na internet com quase 440 mil seguidores no Instagram e quase 300 mil inscritos em seu canal do YouTube e agora dá mais um passo em sua carreira com um megaprojeto, que promete literalmente “pegar fogo”.

Os versos empoderados e de protesto são cantados pela artista de forma bem descontraída, promovendo a importância do respeito e o fim do preconceito.

Perguntada como se sentia com este lançamento, Gaah respondeu:
“Tô muito feliz, porque estou usando a minha imagem como artista e a minha voz pra defender uma comunidade na qual eu faço parte! E isso não tem preço, sabe? Poder estar a frente, poder estar falando pelas pessoas que não têm, por exemplo, a mesma influência que eu, na internet… o meu lema com o meu trabalho é mostrar para as pessoas que elas podem ser quem elas quiserem, independente de julgamentos, nada muda a nossa essência e o que está dentro do nosso coração. Para mim, estar lançando essa música em tão pouco tempo antes do Dia Internacional do Orgulho LGBT é muito emocionante, porque eu nunca imaginei que essa música fosse ser lançada no mês do orgulho! Trabalhamos intensamente e muito delicadamente, e só fizemos uma reunião para decidir a data poucos dias atrás. Então, jamais imaginava, desde que comecei a gravar a música e o clipe, que o projeto iria sair na data perfeita!! Isso é gratificante.”

Com influências de Glória Groove e Lil Nas X, o ritmo animado com batidas dançantes, uma mistura de Funk e Pop, e um clipe de cores vibrantes, looks provocantes e cheio de efeitos especiais, promete encantar os fãs e levantá-los do sofá!

Continue Reading

Música

Pineapple Storm lança “Poesia Acústica 11: Nada Mudou”

Published

on

L7NNON, Xamã, MC Poze do Rodo, Lourena, Azyy, Chris MC, Cynthia Luz e Ryan SP. Essa é a formação do “Poesia Acústica 11: Nada Mudou”. O maior projeto de rap nacional, idealizado pela gravadora Pineapple Storm, chega a sua décima primeira edição depois de mais de 2 bilhões de visualizações no YouTube e 1 bilhão de reproduções nas plataformas digitais. Nesta terça-feira (22), os versos melódicos desses 8 artistas aterrissam na internet e consolidam ainda mais o gênero que briga pelo topo das paradas. Em menos de 24 horas, “Nada mudou já ultrapassou a barreira dos 4 milhões de views no youtube.

Com 3 mulheres em sua formação, o “Poesia 11” vai do funk paulista ao pop em suas sonoridades e referências. A cantora Lourena, por exemplo, cita versos de “Várias Queixas”, sucesso regravado pelo trio Gilsons, para falar de um amor não correspondido. Xamã brinca com a música “Freio da Blazer”, single de L7NNON, que ultrapassa 80 milhões de visualizações no YouTube, e se chama de “a cara dos filho da Deise”. MC Poze também deixa o seu flow de trapper e fala novamente sobre sua vida de corre, sem compromisso: “Não faço poesia, faço trabalho lindo”.

“É muito importante porque, além de contar com nomes consagrados do projeto, como o Xamã, o Chris MC e a Azzy, é a primeira vez que temos três mulheres. Isso será uma regra do ‘Poesia Acústica’ agora – nenhuma edição terá menos do que três cantoras. E conseguimos unir um grande nome do funk atual de São Paulo (Ryan SP) e um ídolo do funk carioca (MC Poze do Rodo). Estamos felizes com o resultado final”, conta Paulo Alvarez, fundador da Pineapple.

Com a temática do amor mais diversa, “Poesia Acústica 11: Nada Mudou” chega às plataformas digitais via ONErpm, e o clipe você pode conferir abaixo!

Continue Reading

Trending

Copyright © 2017 Geração Z. Theme by Mega Group. powered by Rafael Nascimento.

Close Bitnami banner
Bitnami