Connect with us

Cinema

Liga da Justiça – A nova aposta da DC

Published

on

Depois do sucesso de Mulher Maravilha, a DC continua sua tentativa de consolidar seu universo cinematográfico, dessa vez com Liga da Justiça. O filme, que reúne os heróis da DC, pode até ter demorado um pouco demais para acontecer, mas já vinha sendo aguardado por muitos fãs da editora de quadrinhos norte-americana. E apesar da desconfiança que sempre ronda esse universo da DC, Liga da Justiça consegue entregar um filme mais leve e honesto em seu propósito.

O filme é uma continuação quase direta de Batman Vs. Superman. Logo de início se estabelece o quanto a perda do Superman (Henry Cavill) afetou a sociedade. E a partir do surgimento do que parece ser uma nova ameaça, Batman (Ben Affleck) passa a recrutar pessoas com habilidades especiais para se juntar a ele numa possível batalha. Além da Mulher Maravilha (Gal Gadot), introduzida em Batman Vs. Superman e que recentemente ganhou seu filme solo, o grupo reúne também os personagens Aquaman (Jason Momoa), Flash (Ezra Miller) e Cyborg (Ray Fisher).

Liga da Justiça

Como essa busca de Bruce pelos outros personagens já havia sido estabelecida no filme anterior (BvS), o filme não perde muito tempo introduzindo esse propósito. Porém acaba perdendo tempo apresentando um pouco esses novos personagens. Não que isso seja ruim, mas como a duração do filme teve que ser reduzida em no máximo 2 horas a pedido da Warner, acabou faltando tempo para realmente desenvolver a ameaça principal. O Lobo da Estepe acaba soando tão caricato e fraco, que não tem como realmente acreditar na tal ameaça que ele representa. Além disso, os efeitos de CGI também não contribuem.

Quanto à introdução dos novos heróis e formação da Liga da Justiça, pode-se dizer que todos conseguem gerar bastante empatia no público, mesmo sem ter muito apresentado de sua história. O grupo todo funciona muito bem junto. A única ressalva, seria em relação à forma como o humor é construído em torno do Flash, que A MEU VER, acaba passando um pouquinho do ponto. O personagem tem momentos muito bons no filme, mas a insistência em determinada piada acaba ficando bem chata e prejudica o personagem.

Fora essa questão, Liga da Justiça é um bom filme para a introdução do grupo. Não tem lá a melhor estrutura, plots muito audaciosos ou grandiosos e nem efeitos muito bons. É um filme simples e como já dito, honesto em seu propósito. Consegue proporcionar bons momentos para o público, e não tenta ser maior do que é. Isso mostra que a DC/Warner aprendeu com seus erros.

Em relação às cenas pós crédito, spoilers já estão aí circulando pela internet. São duas cenas, uma logo depois que o filme acaba e outra realmente no fim dos créditos. Essa última, vale esperar, porque faz valer todas as imperfeições do filme. E a outra, pra quem acompanha as séries da DC/CW como eu, acaba sendo um pouco sem graça, por que é bem parecida com uma cena que já rolou por lá.

Título Original: Justice League
Lançamento: 15 de novembro de 2017
Direção: Zack Snyder
Roteiro: Chris Terrio, Joss Whedon
Gênero: Ação, Ficção Científica, Fantasia
Distribuição: Warner Bros.

Cinema

Disney anuncia os dubladores brasileiros de “O Rei Leão”

Published

on

A Disney reuniu um elenco à altura de ‘O Rei Leão’ para dublar a versão nacional do filme dirigido por Jon Favreau, que chega aos cinemas no dia 18 de julho. Iza (Nala), Ícaro Silva (Simba), João Acaiabe (Rafiki), Graça Cunha (Sarabi), Robson Nunes (Kamari), entre outros darão voz e vida aos adorados personagens de ´O Rei Leão’. O elenco todo se reuniu num estúdio em São Paulo para uma sessão de fotos comandada pela fotógrafa Caroline Lima. Foi a primeira vez que todos estiveram juntos e foi um momento especial e de muita emoção em que todos puderam compartilhar suas experiências com o filme.

“Quando me ligaram para contar que eu tinha sido escolhido para dublar o Simba eu fingi naturalidade, mas na verdade eu estava chorando de felicidade”, conta Ícaro. “O Rei Leão é um filme que marca emocionalmente todo mundo que assiste pela primeira vez. Foi uma grande emoção poder dublar a Nala e participar dessa nova versão”, explica Iza.

Também estão no elenco os dubladores João Vitor Mafra (Simba jovem), Carol Roberto (Nala jovem), Saulo Javan (Mufasa), Glauco Marques (Pumba), Ivan Parente (Timão), Rodrigo Miallaret (Scar), Marcelo ‘Salsicha’ Caodaglio (Zazu), Carol Crespo (Shenzi) e Thiago Fagundes (Azizi).

O Rei Leão, da Disney, dirigido por Jon Favreau, retrata uma jornada pela savana africana, onde nasce o futuro rei da Pedra do Reino, Simba. O pequeno leão que idolatra seu pai, o rei Mufasa, é fiel ao seu destino de assumir o reinado. Mas nem todos no reino pensam da mesma maneira. Scar, irmão de Mufasa e ex-herdeiro do trono, tem seus próprios planos. A batalha pela Pedra do Reino é repleta de traição, eventos trágicos e drama, o que acaba resultando no exílio de Simba. Com a ajuda de dois novos e inusitados amigos, Simba terá que crescer e voltar para recuperar o que é seu por direito. Utilizando técnicas de filmagem inéditas para dar vida a esses adorados personagens de forma inteiramente nova, “O Rei Leão” da Disney vai “rugir” nos cinemas brasileiros em 18 de julho de 2019.

Continue Reading

Cinema

Banda Melim grava “Um Mundo Ideal” a convite da Disney

Published

on

Diogo, Gabriela e Rodrigo, foram convidados pela Disney para a Banda Melim ser a intérprete oficial da música tema do filme Aladdin. “Um mundo ideal” é a versão em português do clássico “A Whole New World”.

Aladdin é uma famosa animação do Walt Disney Animation Studios, lançado em 1992 que acaba de ganhar uma adaptação em live-action dirigida por Guy Ritchie. A música e toda a trilha-sonora do filme já está disponível clicando aqui. Na próxima semana será lançado o clipe da música.

A banda niteroiense Melim, formada pelos irmãos Rodrigo, Gabriela e Diogo, conquistou o Brasil em 2018 com seu primeiro single ‘Meu Abrigo’. Segundo Gabriela, o convite para interpretar “Um Mundo Ideal” foi um presente para a banda:

“Estamos muito felizes por fazer parte desse momento. Nossas músicas procuram passar mensagens de encorajamento, de realização de desejos e mostrar que sonhos são possíveis. A história de Aladdin está muito alinhada com o nosso propósito, que é somar na vida do outro de alguma forma”, diz.

Em complemento, Diogo diz que interpretar um dos maiores sucessos da companhia ao longo dos anos é um desafio incrível:

“Ficamos muito empolgados! Sabemos da responsabilidade que é produzir uma nova versão depois de tantas já gravadas, mas como bons fãs da Disney que somos, tenho certeza que o público vai curtir”, comenta. Segundo Rodrigo, “melodicamente falando a canção é linda, e todos os produtores e músicos envolvidos nessa produção ficaram bastante felizes com o resultado”, finaliza.

O longa estreia no Brasil amanhã, dia 23 de maio de 2019.

Continue Reading

Cinema

É HORA DE BRINCAR! “BRINQUEDO ASSASSINO” ESTÁ DE VOLTA

Published

on

Chucky, o boneco mais assustador dos filmes de terror chega aos cinemas nacionais em agosto. O trailer nacional foi liberado essa semana.

Um dos personagens de maior sucesso dos filmes de terror está de volta aos cinemas em “Brinquedo Assassino”. Com estreia nacional marcada para agosto nos cinemas, o filme teve o seu trailer nacional divulgado, junto com um novo pôster oficial.

A produção apresenta uma nova versão do brinquedo, mais moderna e tecnológica. O filme é estrelado por Gabriel Bateman (“Annabelle”), Aubrey Plaza (“Parks and Recreation”) e Brian Tyree Henry (“Se a Rua Beale Falasse”). A direção de Lars Klevberg (“Morte Instantânea”), roteiro de Tyler Burton Smith (“Kung Fury 2”) e produção de Seth Grahame-Smith e David Katzenberg, dupla responsável pelo remake do terror “It: A Coisa”.

No longa, o brinquedo faz parte da linha de bonecos Buddi, produzidos pela Kaslan Corporation, uma empresa que investe cada vez mais em tecnologias inteligentes. Essa nova versão conta com diversas atualizações, entre elas, o brinquedo agora consegue se conectar a outros dispositivos eletrônicos, como aparelhos celulares, drones e carros automáticos. “Ele é capaz de usar qualquer coisa que estiver ao seu alcance para aterrorizar e matar você”, afirma o produtor Seth Grahame-Smith. No longa, é quando Karen (Aubrey Plaza) presenteia seu filho, Andy (Gabriel Bateman), com um boneco Buddi, que crimes estranhos começam a acontecer pela vizinhança, revelando a sua natureza sombria.

Confira o Trailer:

Além disso, foi anunciado recentemente que o ator Mark Hamill (“Star Wars”) será o responsável por dar voz ao boneco. “Mal posso esperar para dar vida a um personagem tão icônico”, afirmou o ator em um vídeo divulgado em suas redes sociais. Aclamado por seu papel como Luke Skywalker na saga “Star Wars”, o ator se consagrou também como dublador no ano de 1993, ao emprestar sua voz ao Coringa, na série animada do Batman.

Continue Reading

Trending